• (81) 4042.2494

  • UNICEF e CRN-6 vão firmar parceria contra a obesidade infantil

    O presidente do Conselho Regional de Nutricionistas 6ª Região (CRN-6), Hillário Damázio, recebeu, na tarde desta quarta-feira (26), a secretária de Habitação do Recife (PE), Isabela de Roldão, e o coordenador do escritório do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em Recife, Dennis Larser. No encontro foram discutidas ações para o enfrentamento da obesidade infantil em toda a região do semiárido brasileiro. Participaram da reunião a vice-presidente do Regional, Eviane Lins, a tesoureira, Roseane da Fonte, a coordenadora de Qualificação e Responsabilidade Social, Patrícia Ferreira, e o assessor de Comunicação, Rui Gonçalves.

    Após o encontro, haverá a celebração de um Termo de Cooperação Técnica entre o CRN-6 e o Unicef para o desenvolvimento de ações técnicas de combate a obesidade infantil. “A ideia é unir forças para olhar com cuidado para a primeira infância. Essa é uma das maiores preocupações do prefeito do Recife, Geraldo Júlio”, destaca Isabela de Roldão.

    Já o presidente do CRN-6, Hillário Damázio, destaca a parceria como elemento norteador de grandes mudanças sociais. “A Nutrição é ferramenta indispensável no combate a obesidade infantil. Como Conselho Profissional da categoria não poderíamos deixar de abraçar essa causa. Juntos, vamos contribuir para o enfrentamento da obesidade na primeira infância. Lembrando que para a Nutrição, os primeiros 1 mil dias de uma criança é fundamental o cuidado com a alimentação e o nutricionista é o único profissional que pode garantir e assegurar uma introdução alimentar eficaz e com saúde”, explica Hillário.

    Para Dennis, a parceria é mais um instrumento de qualificação e transformação, um dos pilares da Unicef. “Temos esse compromisso de diminuir as taxas de obesidade infantil e nada mais interessante do que unir forças com o Conselho de Nutricionistas, órgão que aglutina o profissional mais importante nessa luta contra a obesidade na primeira infância. Então, é uma parceria que irá dar muitos frutos para toda a região do semiárido”, destaca.

    Sobre a parceria, Hillário destaca que a atuação será em todo a região do semiárido, que engloba o Nordeste brasileiro, exceto o estado do Maranhão, e parte do norte de Minas Gerais. A iniciativa vai beneficiar 1.200 municípios do Brasil.