Notícias

FAO lança campanha para acabar com a fome no mundo até 2030

Conclamar a sociedade para realizar ações que possam combater a fome no mundo como evitar o desperdício de alimentos, buscar novas formas de desenvolver a agricultura e adotar um modo de vida mais saudável e sustentável. Com esses objetivos, a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) lançou a campanha do Dia Mundial da Alimentação 2018 com o tema “Nossas ações são nosso futuro. Um mundo #fomezero para 2030 é possível” (traduzido para o português).

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado anualmente no dia 16 de outubro ‒ data de fundação da FAO, em 1945 ‒ para estimular a sensibilização e a ação em escala mundial em favor das pessoas que sofrem com a fome e responder à necessidade de garantir a segurança alimentar e nutricional para todos. São realizados eventos em mais de 130 países de todo o mundo, sendo um dos dias mais celebrados pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O progresso coletivo alcançado por vários países para erradicar a fome voltou a piorar recentemente como consequência dos conflitos prolongados, dos fenômenos meteorológicos relacionados às mudanças climáticas e da recessão econômica. Hoje, 821 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem com a subalimentação crônica, segundo o documento “O Estado da segurança alimentar e a nutrição no mundo em 2018” (SOFI).

Ao mesmo tempo, os níveis de obesidade estão aumentando rapidamente e muitos países experimentam a carga dupla de fome e obesidade. Dados do relatório mostram que 1,9 bilhão de pessoas têm sobrepeso, das quais 672 milhões são obesas. Para a ONU, o mundo pode alcançar o objetivo de acabar com a fome se as nações realizarem ações tendo em conta melhores práticas e as lições já aprendidas.

Fonte: Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional



Conselho Regional de Nutricionistas 6ª Região

O Conselho Regional de Nutricionistas 6ª Região (CRN-6) foi criado pela Lei Federal n° 6.583/1978 com a finalidade de orientar, fiscalizar e disciplinar o exercício profissional. O Órgão de Classe tem como missão contribuir para melhoria da saúde da população, por meio da assistência alimentar e nutricional exercida por profissionais capacitados e habilitados, obedecendo os preceitos éticos que regem a profissão.

A cada triênio, o Conselho tem eleições para gestão/plenário, que é formado por nove conselheiros efetivos e nove conselheiros suplentes. Os nutricionistas eleitos assumem os cargos na diretoria que é composta pelo presidente, vice-presidente, secretário (a) e tesoureiro (a), e/ou participam das comissões de Fiscalização, Tomada de Contas, Ética, Formação Profissional, Comunicação, Licitação e Patrimônio.

Conheça melhor o CRN-6

Fale Conosco

Preencha o formulário para qualquer tipo de informação.

Selecione o setor: