• (81) 4042.2494

  • Me formei. E agora?

    A pergunta pode, no primeiro momento, soar angustiante para o jovem nutricionista. O mercado de trabalho visto como saturado por professores e demais profissionais da área podem assustar, mas é preciso coragem para enfrentar os desafios do novo. Para isso, é necessário a exploração da criatividade, inovação e coragem para desbravar novos mercados da Nutrição. O consultor do Sebrae Daniel Lopez avisa: conhecimento de mercado e coragem para pensar fora da caixa devem fazer parte da rotina de todo empreendedor.

    Como exemplo de sucesso em empreendedorismo, paixão pela Nutrição e inovação, a nutricionista Andréa Aragão conta quais são as características que o nutricionista que deseja empreender deve desenvolver. “Conquistar o sucesso ao empreender não é fácil. Vários fatores interferem na vitória ou na derrota da empresa no mercado. Um bom caminho para o sucesso é desenvolver algumas habilidades importantes como criatividade, liderança e resiliência. Primeiro, nada substituirá a habilidade de criar, de inovar. Em seguida, um líder tem o poder de engajar, encantar ou destruir a produtividade. Portanto invista tempo com a sua equipe e lidere por eles e para eles. A última é, claro, a resiliência, pois empreendedorismo assemelha-se muito a uma montanha russa, com diversos altos e baixos, e o empreendedor de sucesso deve aprender com os erros, lidar com as crises e reverter as situações com muita resiliência”, explica Andréa.

    Criatividade e perseverança são ingredientes que não podem faltar no empreendedorismo

    O especialista do Sebrae reforça o que a nutricionista apontou. “O empreendedor tem que ser criativo, perseverante, comprometido, interessado em manter seus conhecimentos atualizados constantemente, tem que ter uma visão inovadora, gostar de gente para saber se relacionar e ouvir, tem que buscar expandir sua rede de contatos, ser exigente com qualidade, ser um planejador para buscar correr riscos calculados e sempre ter uma visão de futuro estabelecendo metas e objetivos”, afirma Lopez.

    Dona de um dos espaços mais conhecidos de Maceió (AL), Andréa Aragão conta como construiu seu negócio. “O instituto Andréa Aragão é um sonho antigo, desde a faculdade já estava escrito na minha lista de desejos. Ter minha filha atuando na área de Nutrição Materno-Infantil me motivou a realizar esse sonho, que se iniciou de forma pequena, em termo de espaço físico, porém com imenso amor e vontade de crescer e proporcionar tudo que se refere a qualidade de vida. Através dele conseguiremos trazer saúde e bem-estar de formas variadas, oferecendo cursos de capacitação para profissionais e pacientes, atendimento personalizado e qualificado e programas de mudança de estilo de vida”, explica Andréa.

    Um conselho que daria para todo jovem nutricionista seria que focassem em determinadas especialidades. “É muito mais fácil virar referência quando somos mais específicos. Nunca tenham medo de investir em seus sonhos”, explica.

    Andréa ainda destaca que a clínica em Nutrição sempre irá abraçar o nutricionista que estiver disposto a inovar e dominar com conhecimento técnico-cientifico. “Só precisamos inovar nossa forma de abordagem e ter domínio suficiente para ter sucesso no nosso atendimento, muitas pessoas vivem apenas de mídia, sem ter embasamento das condutas. Desta forma, não conseguem consolidar um nome, um saber. Também é importante ver as áreas de atuação que estão escassas. Por exemplo, aqui em Maceió sentimos dificuldade de encontrar nutricionistas que trabalham com tratamento de doenças, como pacientes renais, câncer”, afirma.

    Segundo ela, a maioria dos nutricionistas recém-formados estão focados em Nutrição Esportiva e Estética, mas se você tem um diferencial, sempre existira pacientes para você. E aí, eu pergunto: Qual seu diferencial?”, destaca Andréa.
    Daniel Lopez destaca que além da formação técnica-cientifica, o nutricionista que deseja entrar no empreendedorismo deve também focar em conhecimentos extras. “O empreendedor tem que investir em conhecimentos sobre gestão empresarial para agregar à sua formação as habilidades de um administrador. O nutricionista tem que pesquisar o mercado para entender como seus concorrentes estão atuando e qual as demandas e anseios dos potenciais clientes, entender que o mundo atual está migrando para experiências digitais e, portanto, tem que apropriar das novas tecnologias e tendências cibernéticas do mercado empresarial de agora e do futuro”, afirma Lopes.

    Igor destaca necessidade de agregar conhecimentos além da Nutrição

    Um dos novos nutricionistas da jurisdição, Igor Carvalho destaca a necessidade de aprofundar os conhecimentos nas áreas de administração e marketing. “O maior desafio da vida profissional é lidar com as diversas personalidades humanas, entendendo o paciente como um todo, suas individualidades e necessidades, para assim poder prestar uma melhor assistência sempre. E quem quer empreender deve sempre agregar conhecimentos nos instrumentos de gestão. Não é apenas a Nutrição que importa, é fundamental agregar conhecimentos”, destaca.

    Os desafios para quem acaba de sair da graduação são inúmeros, mas com criatividade, inovação e, claro, dedicação novas possibilidades devem surgir.

    Emerson destaca que o nutricionista deve estar atento as possibilidade do mercado

    Com um perfil profissional bem movimentado e bem atento as demandas éticas da categoria, o nutricionista Emerson Paiva destaca a necessidade dos novos profissionais procurarem qual a necessidade do mercado e como se você se relaciona com ele. “Meu conselho para os novos nutricionistas é procurar desfrutar o máximo do mercado para descobrir melhor o seu foco de atuação”, explica. Emerson ainda ressalta a importância do nutricionista ser um educador. “Trabalhamos com orientação e reeducação das pessoas. Precisamos ter essa premissa sempre”, destaca o profissional. Para João Gomes, especialista em redes sociais, os perfis dos profissionais são referência para quem quer começar. “Eles estão sempre focados em bons conteúdos e interação. Sem utilização daquele marketing barato”, explica Gomes. Apaguei o que escrevi e deixei outro texto.